Baixa autoestima e os amigos

AMIGS

Queria muito ter sido uma mosquinha para ver você semana passada tentando rebaixar Deus através dos seus pensamentos negativos sobre si própria.

Hoje vou começar a delinear as consequências desse comportamento em relação a amizades.

Quando você se vê pequena, incapaz e insegura, passa para aqueles que estão à sua volta essa mesma imagem a seu respeito.

Logo, para eles você se torna presa fácil, e como todos sempre querem estar perto daqueles que têm personalidade – os fortes e confiantes, e você não é assim, ser sua amiga passa a ser um ato de caridade.

É como se as pessoas lhe fizessem um favor e você fosse o elo mais fraco desse relacionamento.

A lei da sociedade consumista é uma só: o mais fraco serve ao mais forte! Está chocada? Mas é assim que você vive: servindo aos outros, ficando com a pior parte das tarefas só para “agradar às multidões”.

Quantas vezes você  foi a lugares que não queria ter ido, comprou roupas das quais não gosta, mentiu ou fez coisas que você não aprova só para contentar a um ou outro e “manter a amizade”?

Quantas vezes você não disse para si própria “mas se eu contrariar, vou sair perdendo, porque ela é minha única amiga”? Se você precisa se anular, perder a sua identidade para manter uma amiga, pois se você não ceder não existe amizade, será que vale a pena?

 Em decorrência de sua baixa autoestima, você se submete, se anula, se contraria, acha que as pessoas estão fazendo um favor em recebê-la, em convidá-la para um evento, pois não vê em si própria o valor que tem.

 Você se inspira em outras mulheres, que acha que são fortes, mas nunca parou para observar que por dentro elas também não se acham tão fortes assim e comentam sobre seus complexos.

 Quer dizer, você projeta uma imagem positiva acerca de alguém que é tão falha quanto você, mas não consegue projetar uma imagem positiva acerca de si mesma?

 Enquanto não mudar a forma que se vê, todos sempre serão melhores do que você. O que aconteceu com a criação perfeita à imagem de Deus?

Semana que vem vamos falar de família.

Anúncios

6 Respostas para “Baixa autoestima e os amigos

  1. É realmente assim que estava me sentindo, mais agora chega eu sou mais eu.só há única Sandra Márcia.feita á imagem e semelhança de Deus.

  2. Por Muito tempo eu me senti assim, por muito tempo fui o elo fraco,a minha adolescência foi toda assim, isso só mudou depois de muito joelho no chão de muito conversar e desabafar com o Espirito Santo, Sim foi Ele que cuidou de mim e restituiu minha auto-estima

  3. Estava no site de Cristiane Cardoso, e pensei vou ver esta página do projeto RAABE, na verdade não sei de que se trata mas, parece que este texto foi feito para mim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s